sábado, 9 de abril de 2011

Cecília Bueno dos Reis Amoroso

*01/12/1904            +02/06/1989
Em 1971,quando fomos alfabetizados com a cartilha “Onde está o Patinho”, a autora Cecília Bueno dos Reis Amoroso, que havia sido  professora de Metodologia  e Prática do Ensino Primário, da Escola Normal ,já estava aposentada.
  Cecília estudou sua vida inteira no Caetano, do Primário ao Normal, onde formou-se em 1922.
  Começou a lecionar no Primário dois anos depois, onde só sairia ao aposentar-se em 1954.
  E foi no meio das crianças , procurando sempre novos recursos para favorecer integralmente o seu aprendizado ,que começou a desenvolver o método da nossa cartilha.
 Além da cartilha em si, haviam pequenos cartazes que as professoras penduravam nas paredes, com desenhos e palavras, onde apareciam os personagens, Ceci, Juju, Tatá, Mimi e o Patinho propriamente dito, além de outros que eram introduzidos a medida que a criança ia avançando em cada letra do alfabeto.
  Havia os carimbos com as mesmas imagens dos personagens, que muitas vezes eram utilizados em cartões individuais, que no verso aparecia a palavra referente a imagem carimbada, ajudando a criança a fixar os conceitos aprendidos na aula.Ou , mais tarde a desenvolver sentenças, por exemplo, eram inúmeras as possibilidades no uso dos carimbos.
 Muitas de nossas professoras, inclusive a D. Kiyome, foram alunas de D. Cecília e até ajudaram a desenvolver o método com a mestra, durante o curso Normal.                                                Mais tarde, com o estímulo da então diretora da escola, D. Carolina Ribeiro, que ao assistir suas aulas surpreendeu-se com o que viu, acabou publicando, em 1956 a cartilha .                              Foi criado pela escola uma série de classes experimentais, onde as professoras treinadas pela própria Cecília aplicavam o método. Não havia nada parecido em nenhum outro colégio, fora o Caetano.
  Estas classes exclusivas de primeira à quarta série, ofereciam a metodologia e com o passar dos anos, eram disputados pelos pais dos alunos, que sempre pediam na secretaria da escola uma vaga para colocar seus filhos nestas. Foi exatamente o meu caso.
  Além do Português , era também ensinado a Matemática Moderna, através da teoria dos conjuntos,D. Cecília desenvolveu uma série de pequenos cartões com bolinhas e até mesmo palitos de sorvete eram utilizados, para a criança visualizar a tabuada,os números e quantidades, transformando algo abstrato em concreto, facilitando , assim, a compreensão.
Outras obras surgiram mais tarde:

“O patinho na 1* série “

“O patinho na 2* série”

“Quem é mais forte? “

“Que serei?”

  Além de ter publicado todos os livros acima, Cecília era excelente poetiza, tocava piano e pintava .
 Seu método ultrapassou os limites da escola, sendo adotado posteriormente em várias instituições educacionais.Percebe-se assim que uma pessoa dinâmica e criativa tinha seu trabalho valorizado e reconhecido e o mais importante, posto em prática, o que demonstra a essência do Colégio que foi desde os primórdios,criado pensando-se na excelência do ensino.






 Teve duas filhas, Arminda e Ângela, que também estudaram e trabalharam na escola, ajudaram a aplicar o método criado pela mãe, dentro e fora do Caetano.






Cartazes educativos. Tamanho aprox. 0.60 X 0.35m











            Fotos:    Acervo Histórico Caetano de Campos/CRE Mario Covas

10 comentários:

  1. A internet tem dessas maravilhas. "passeando" por aí, me deparei com seu texto e fiquei paralisada. Lembro de D.Cecília quando veio visitar minha classe em 1970. Eu não estudei no Caetano de Campos. Estudei em Rudge Ramos - SBC, no grupo escolar Prof.Otílio de Oliveira. Minha professora de primeiro ano era D.Angela. E minha cartilha, Onde está o Patinho... e vendo essas páginas aqui em seu blog me levou às lágrimas. Ainda tenho comigo um livro que ganhei da minha professora, por aplicação. Como era linda e charmosa a minha professora! Por onde será que ela anda? Muito obrigada por esses momentos. Marisa Mendes Sampaio de Souza (marisasouzam@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  2. Confesso que agora viajei no tempo. Fui aluna da Escola Caetano de Campos de 1967 a 1970 e com muito orgulho tive como professora Angela Bueno dos Reis Amoroso! Ainda possuo não só as cartilhas como os livros e alguns cadernos!Guardo até hoje um quadrinho que dela ganhei por bom comportamento! É mesmo , por onde será que anda minha primeira e querida professora?
    Elayne Maria M. Dias
    e-mail: jotamanto@ig.com.br

    ResponderExcluir
  3. Estou emocionado com o que meus olhos acabaram de ver! Fui aluno da Professora Ângela em 1978, no primeiro ano, no "Primeirão", que posteriormente passou a se chamado de "Cynira Pires dos Santos", em Rudge Ramos, SBC.
    Quanta saudade!!! Ainda me recordo perfeitamente das aulas da Professora Ângela e da cartilha "Onde Está o Patinho?" Sinto-me um privilegiado por ter sido alfabetizado pela Profª Ângela e sinto uma certa pena das crianças de hoje em dia.

    ResponderExcluir
  4. Maria Edna Silva Roza22 de fevereiro de 2012 17:38

    Que delicia , Que privilégio poder ler esses depoimentos! Sou Professora aposentada e teabalho como voluntária em uma Escola de Educação Infantil no bairro Assunção em SBCampo,A Educativa. Quando na ativa no Palmira Grassiotto Pereira da Silva, "peguei" uma classe com muita dificuldade de aprendizagem e fui fazer o curso da cartilha "Onde Está o Patinho ", com as filhas da Professora Cecilia . Foi uma conquista muito emocionante ,pois no mês de junho TODOS da sala estavam lendo. Esse fato ainda hoje, me enche de emoção.Ainda tenho a cartilha e o manual ,no entanto os cartazes sumiram e eu não consigo encontrar outros. O que é uma pena ,porque eu uso a cartilha ainda hoje na escola em que trabalho.Professora Maria Edna
    ednaroza@ig.com.br

    ResponderExcluir
  5. Estudei em São Carlos -SP no Grupo Escolar Arlindo Bittencourt e em 1960 cursei o primeiro ano primário. Sinto uma saudade da minha primeira cartilha Onde está o patinho? Hoje resolvi tentar encontrá-la na internet e mal posso acreditar o que achei. A biografia da autora da cartilha e muito mais. Eu não me lembrava o nome dela, só da cartilha. Pretendo comprar um exemplar para guardar para sempre. Chorei muito de emoção.
    celiazam@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Estudei na cartilha da Ceci e do Juju.
    Em Bragança Paulista, no curso primário anexo ao Instituto de Educação "Cásper Líbero". Minha professora se chamava D. Ma. Cecília, em 1963.

    ResponderExcluir
  7. QUERO TANTO ENCONTRAR "ONDE ESTÁ O PATINHO"..

    ResponderExcluir
  8. Eu aprendi a ler e escreve através desta Cartilha. Ela é fantástica!! Tenho ótimas recordações. Anos depois, qdo fiz Magistério tive a oportunidade de conhecer a autora Cecília e aprender a ensinar através da cartilha. Foi uma expériência única e inesquecivel!!

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. eu fui alfabetizado com essa cartilha e devo toda a minha paixão por letras e escrita a ela. me lembro até hoje da minha professora Nair, na 1° série do primário, nos fazendo cantar e repetir as sílabas. e quando ela levou um ovo para a sala???!!! eu ficava fascinado...
    esse era o melhor método de alfabetização que havia... é por isso que hoje em dia falo que vou "ao cinema", "à praia", "ao teatro"...
    acreditem ou não, eu me lembro da regra do m antes do p e do b por causa dessa cartilha. escuto minha professora dizendo: "o M de Mimi sempre está ao lado do B de bondade e do P de patinho...".

    ResponderExcluir